5 verdades sobre a influência da alimentação no risco de câncer


Existem muitas informações inconsistentes sobre a relação entre dieta e câncer. Para tentar colocar fim em algumas dúvidas, a oncologista Merry Markham, da Sociedade Americana de Oncologia Clínica, nos Estados Unidos, listou cinco verdades sobre essa ligação, com base no que a ciência tem a dizer. Confira:

1 – Comer vegetais é fundamental

A ingestão desses alimentos, principalmente os crucíferos, como brócolis, rúcula, couve-flor e repolho, ajuda a levantar nossas defesas contra as células cancerosas. Os benefícios são vistos principalmente contra os tumores de boca, faringe, esôfago e estômago.

2 – Soja pode ajudar mulheres com câncer de mama

Um estudo recente parece ter jogado uma luz sobre a polêmica que envolve essa leguminosa. Segundo a análise, mulheres com a doença que abocanham o alimento com mais frequência têm um risco 21% menor de morrer em nove anos e meio — ao contrário do que se imaginava antes.

Os homens com nódulos malignos na próstata também se beneficiam. Investigações apontam que o grão diminui os níveis do antígeno prostático específico (PSA), uma substância que, em altas quantidades, está associado ao desenvolvimento desse tumor.